quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Lembro-me como se fosse hoje

Quando vi você vindo em minha direção, sentando-se ao meu lado, e dizendo que precisavamos conversar.
Lembro-me de todas as palavras que você me disse, antes da que fez a maior de todas as minhas feridas: "Isso é um adeus".
Lembro-me de ter feito de tudo pra não deixar as lagrimas que se acumulavam em meus olhos cair. Lembro-me do seu rosto piedoso dizendo pra que eu não chorasse.
Lembro-me do meu sorriso cinico, apesar de nem tê-lo visto, e em seguida, apenas uma lagrima cair.
E depois você subiu, pegou todas as suas coisas e saiu pela porta. Sem mais palavras, e sem olhar pra trás.
E você nunca mais voltou.
E nem vai voltar.
E hoje, quando sei de alguma coisa sobre você, é que você está bem feliz, vivendo a sua vida.
Vejo que quando decidiu deixar a nossa casa, você ja possuia outra moradia.
Fico feliz por você.

Mentira, eu não fico. Principalmente por ser relacionado a você.

Mas eu sei que um dia, eu serei feliz.
Assim que conseguir levantar desse sofá, aceitar que você não vai voltar, e encontrar outra outra estrada pra seguir o meu caminho.

Sem você.

Um comentário:

  1. Owmm eu chorei :'(
    Tá profundo!
    Gostei do blog querida!
    Beeijos :*

    ResponderExcluir